Como cortar filé mignon Veja os principais tipos de cortes

Como cortar filé mignon. entre o principais cortes de filé mignon reconhecida pela gastronomia, são os Chateaubriand, turner e medalhão. Porém, depois de retirar os cortes, ficam sobras de sobras e pedaços menores que dão pratos fantásticos.

Sejamos realistas: guardar dinheiro para comprar um pedaço inteiro de mignon é apenas parte do desafio de consumir essa nobre carne. Isso porque se você não sabe como cortar filé mignonvocê pode arruinar a estética e certas qualidades da carne.

Então, criei o guia definitivo para mostrar para vocês quais são os cortes de filé mignonsuas particularidades, características, técnicas de corte e, claro, receitas para aproveitar essa joia bovina, confira!

Quer aprender a cortar filé mignon? Veja os principais cortes

Se considerarmos apenas os cortes comerciais de filet mignonentão há 3 cortes oficiais, por assim dizer.

Porém, a verdade é que você aproveita cada pedacinho do mignon, pois além de caro, ele é uma carne excepcional. Você tem a obrigação de aprender detalhadamente cada etapa do processo, para aproveitar ao máximo a carne!

Corte Chateaubriand de filé mignon

Você certamente conhece o formato do mignon, certo? A polpa tem formato cônico e alongado que se estreita nas pontas. Desta forma, o O corte Chateaubriand é o mais nobre de toda a peça de mignon.

Visualmente, fica na porção central, ou seja, na parte mais alta da carne. Não é de surpreender que isso resulte em um corte espesso e extremamente macio. Veja como cortá-lo:

  1. Posicione a carne sobre uma tábua.
  2. Localize a parte central mais grossa, use o meio como referência.
  3. Em seguida, meça 4 dedos e passe o rosto por cortes limpos e precisos.
  4. Existe apenas 1 corte de Chateaubriand por carne.
  5. Seu peso médio é de 400g e espessura de 5cm.

Como preparar o corte Chateaubriand?

Mesmo sendo a parte mais nobre, é também a mais desafiadora de preparar. Geralmente, quem consome carne mal passada não deve usar Chateaubriand em suas receitas. No final, acaba sendo no máximo meio mal passado.

Porém, se quiser experimentar, o preparo consiste em temperar a carne com sal e pimenta-do-reino. Em seguida, sele a carne em temperatura alta na manteiga e no azeite até caramelizar todo o exterior.

Neste ponto recomendo levar ao forno pré-aquecido a 200° por 4 a 5 minutos. Com isso, a parte interna ficará perfeitamente cozida, o que traz o máximo de suculência, maciez e sabor.

Nos principais restaurantesprepare o Chateaubriand com molho Béarnaise rico em textura e sabor.

Delicioso corte de filé mignon

Após retirar o corte anterior, você terá as duas pontas completas da peça em suas mãos, certo? Então, em ambos os lados você encontra o virador de filé mignon.

Dessa forma, é necessário medir cerca de 3 dedos de espessura para extrair as duas peças do torno. Vale ressaltar que é preciso considerar continuar logo após o corte do chateaubriand.

O peso médio, por sua vez, é de 300g e espessura que varia de 2cm a 3cm. Uma das melhores receitas para você ter essa experiência em casa é a famosa “Filé ao Poivre”.

O nome pode parecer estranho, mas o preparo é simples, pois se trata de um bife Tornedor ao molho de pimenta. Abaixo, o vídeo de uma receita completa:

Corte medalhão de filé mignon

Seguindo a peça, em direção à parte mais fina, temos o medalhão de filé mignon. Só para você entender, a escala de corte começa em 5 dedos para o Chateaubriand e 3 dedos para a espuma, lembra?

Então o medalhão é um corte de 2 dedos de espessura e peso médio entre 120g e 150g. De todas, é a mais simples de preparar para quem gosta de carne cozida.

Por outro lado, dificulta encontrar a mancha rosada que os amantes de carne admiram. Separei algumas sugestões de preparo para você se desafiar na cozinha, tome nota:

  • Medalhão de filé mignon ao molho Madeira com cogumelos.
  • Medalhão de filé mignon com bacon na churrasqueira.
  • Corte medalhão de filé mignon selado no vinho com arroz piamontese e gorgonzola.
  • Corte de medalhão de mignon com molho de queijo simples.
  • Medalhão de filé mignon ao molho de mostarda escura com pimenta verde.

Acompanhamentos de filé mignon

Por fim, após extrair os cortes principais, o que sobra são as pontas da peça. Em alguns lugares, o corte é conhecido como guarnições de mignon. No entanto, comercialmente falando, você pode encontrá-lo com o nome de iscas de filé mignon.

Aqui você não precisa se ater às especificações de tamanho, espessura e peso, pois é utilizado em cubos médios. Então, acho que não preciso dizer que é um dos melhores carnes para estrogonofecerto?

Porém, o segredinho para usar nas receitas é cortar cubos mais grossos para manter a suculência e a maciez. Aliás, você também pode utilizá-lo em receitas de carne com cebola, iscas para aperitivos e legumes salteados.

O problema é que você não encontra apenas as guarnições à venda. Ou seja, é preciso “investir” na peça inteira.

Você já ouviu falar em filé mignon string?

Neste ponto você já entende a fundo como cortar filé mignon, mas fica uma última curiosidade. Eu me refiro a filé mignon em cordavocê sabe?

Na maioria dos açougues, o cordão é retirado antes da venda da peça, mas isso não é regra. E por que é importante saber disso? Bem, veja a estrutura do cordão:

  1. O cordão é uma tira que corre ao longo da lateral da peça principal.
  2. A tira tem espessura estreita e pode ser confundida com um simples descarte.
  3. Hoje você pode comprá-lo em algumas geladeiras que vendem cabos individuais.
  4. Para muitos o cordão é duro, mas se o profissional souber limpá-lo fica uma carne tão macia quanto o filé mignon.

Você tem dúvidas sobre um corte? Não se preocupe, o vídeo abaixo pode ajudar:

O que achou de aprender a cortar filé mignon? Olha, esse negócio de corte, espessura e peso não é obrigatório, ok? Pelo contrário, você deve cortar a carne como quiser e da melhor maneira para facilitar sua vida.

Quer conhecer outras receitas parecidas com Como cortar filé mignon Veja os principais tipos de cortes você pode visitar nossa categoria clicando aqui 👉 Carnes.

Participe do nosso Grupo do WhatsApp Clicando Aqui 👉 Participe do nosso grupo!!

Amanda Cristina

Sou Amanda Cristina redatora especializada no mundo da culinária e gastronomia, sou redatora desse site de receitas. Minha jornada começou com uma paixão genuína pela comida e a vontade de compartilhar minhas descobertas culinárias com o mundo.Com formação em Comunicação e Jornalismo, rapidamente percebi que minha verdadeira paixão estava na escrita de artigos, receitas e dicas relacionadas à culinária.

Receitas para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está satisfeito com ele. Mais informações