Problemas com cartão de crédito, saiba como evitar

Devido às altas taxas de juros, os cartões de crédito podem se tornar uma grande armadilha no seu orçamento e, eventualmente, se tornar uma fonte de dívida. Para evitar dores de cabeça com o comprometimento do seu orçamento por conta das dívidas, separamos algumas dicas para você usar o cartão de crédito com cautela. Confira!

1. Tenha um planejamento financeiro

Se você não planeja sua despesas, a possibilidade de um saldo negativo no final do mês é alta. Quando seus gastos são maiores que o salário, as dívidas começam a acumular. Por isso, o primeiro passo é ter um planejamento financeiro organizado e criterioso para que suas contas não falhem. Uma boa forma de fazer isso é através das planilhas de orçamento, que podem ser feitas no computador, celular ou caderno de anotações. Dessa maneira, é possível utilizar o cartão de crédito com mais tranquilidade e segurança.

2. Estabeleça limites para seus gastos

Não se iluda com o limite do seu cartão de crédito, sempre leve em conta o seu planejamento para não perder as contas do que pode ou não gastar em cada mês. Para não perder o controle e gastar demais com compras, é importante colocar um limite para elas. A dica é analisar quanto você ganha e definir um valor máximo para consumir por mês.

3. Não tenha muitos cartões

Não é fácil administrar a utilização de um cartão de crédito, imagina cuidar de vários. Muitas pessoas se iludem com a sensação de que os cartões com limite mais baixo não irão causar um grande impacto na sua vida financeira. Para usar o cartão de crédito com cautela, o ideal é ter um só, concentrando tudo dentro de uma mesma fatura.

4. Evite emprestar seu cartão

Você é do tipo que ajuda seus colegas e parentes a fazerem compras usando seu cartão? É importante que você saiba que isso é um grande risco! Emprestar o cartão faz com que você não tenha domínio sobre o que está sendo comprado em seu nome, e isso pode ser uma cilada. Para essa situação, a dica é evitar emprestar seu cartão para sua família. Se não conseguir evitar, ao menos, não deixar que isso se torne um hábito. Não esqueça de controlar as dívidas de terceiros para não ter que arcar com contas que não são suas.

Gostou do nosso conteúdo? compartilhe para mais gente.